O Terceiro Grande Colateral

Sim, o terceiro grande colateral.

Estamos habituados a ouvir a teoria dos quinze vasos dos colaterais ou redes (絡 Luò).

A literatura refere 12 vasos colaterais associados aos 12 vasos dos canais (經脈 Jīng Mài) que o “Cânone Interno do Imperador Amarelo” refere como “separações” (別 Bié), ou seja ramos que se afastam do próprio canal principal ou regular.

Além disso, são referidos dois vasos colaterais que se separam dos vasos dos canais extraordinários Rèn 任 e   督, são os vasos colaterais Wěi Yì e Cháng Qiáng, respectivamente.

Finalmente o texto indica o “Grande Colateral do Tài Yīn do pé”, chamado Dà Bāo, que à semelhança dos outros colaterais, possui uma patologia própria.

O capítulo 18 do Su Wen, refere-se um segundo grande colateral: “O Grande Colateral do Estômago”, chamado “Xū Lǐ“.

No entanto, o capítulo 10 do Ling Shu, refere mais um grande colateral, completando uma lista de 17 Colaterais principais no corpo.

A continuação, traduzo algumas pequenas excertos do capítulo 10, onde se menciona o “Grande Colateral de Yáng Míng e Shào Yáng da mão“, formando parte da rede venosa dorsal da mão e do antebraço. Este membro da família, menos conhecido, carece duma descrição de doença própria, mas é o fundamento da utilização das cavidades extraordinárias “Os Oito Perversos” (八邪 Bā Xié).

Boa leitura!

Captura de ecrã 2016-05-11, às 16.39.44

Anúncios

One thought on “O Terceiro Grande Colateral

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s